A FOOLISH MISTAKE。

「Yet another average mess」

Mudanças pequenas?



Eu falei na mini retrospectiva do ano passado que eu retomei as rédeas da minha vida em alguns aspectos e voltei a fazer muitas coisas que me agradavam. Algum tempo se passou e hoje vejo como pequenas mudanças dão uma baita diferença no resultado final.

Acontece que depois de anos precisando se cancelar em prol de outras pessoas, você aprende que de nada adianta se manter onde você se sente miserável. É aquela história: não é a dor que traz o crescimento, ela apenas faz parte dele. Uma criança em fase de crescimento sente as famosas “dores do crescimento” não porque a dor é necessária para que ela cresça, mas porque crescer dói mesmo, e a última coisa que a gente deve fazer é se contentar com as migalhas que nos sobram caso a gente se recuse a seguir em frente.


É por isso que hoje eu me encontro estranhamente satisfeita, algo que eu não esperava sentir tão cedo. Pequenas grandes mudanças me mostraram que está tudo bem dar passos de tartaruga, desde que você jamais fique parado desnecessariamente.

Marcadores:

2 Comentários

Blogger camyli alessandra da silva disse...

"Pequenas grandes mudanças..." Também são mudanças né... Adoro essa cor! é lilas né?

 
Blogger Shana disse...

Mudanças são sempre necessárias, e acho que o negócio é mais saber usar da dor pra crescer e deixar de sofrer, do que se permitir machucar com a desculpa de que é necessário, né non?
Beixinhos~

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

« antigos / recentes »
página inicial